Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
1
2
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
26
27
28
29
30
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > Comissão editorial
imprimir

Comissão editorial
A Comissão Editorial do VIII Congresso de Ornitologia da SPEA, responsável pelo programa científico e pela apreciação dos trabalhos submetidos, é constituída por onze elementos:


Jaime Ramos - Universidade de Coimbra 
Nascido a 7 de novembro de 1965. Biólogo com Doutoramento em Ecologia Animal pela Universidade de Oxford. Atualmente, é Professor Auxiliar da Universidade de Coimbra. Dedica-se ao estudo de ecologia alimentar e reprodutora, e de seleção de habitat por aves marinhas e florestais, abordando a sua conservação e utilização como bioindicadores. Tem efetuado trabalhos em Portugal Continental, Açores, Madeira, Cabo Verde e ilhas do Oceano Índico. Já publicou mais de 120 artigos em revistas da especialidade. Integrou a Direção da SPEA entre 2004 e 2008 e de 2010 a 2013; foi o editor principal da revista Airo entre 2002 e 2008. Atualmente, é editor associado das revistas Animal Conservation e Ardeola. É o coordenador da Comissão Editorial.


Beatriz Arroyo - Instituto de Investigación en Recursos Cinegéticos (CSIC, Espanha)
Investigadora titular no Instituto de Investigación en Recursos Cinegéticos (Ciudad Real, España). Focou a sua investigação em ecologia populacional de aves e de rapina e estepárias, tendo posteriormente alargado o seu âmbito para incluir aspetos mais gerais sobre a relação entre a ecologia e a conservação das aves e o uso económico dos recursos naturais, com o objetivo de contribuir para a compatibilização das atividades humanas com a conservação da fauna. É membro do Comité Científico da SEO/BirdLife desde 2009.


David Gonçalves - Universidade do Porto
Biólogo, com Mestrado em Ecologia Aplicada e Doutoramento em Biologia (Universidade do Porto). É Professor Auxiliar no Departamento de Biologia (Faculdade de Ciências, Univ. do Porto) e investigador no Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO/InBio Lab. Associado; Univ. do Porto). Desenvolve investigação na área de gestão e conservação de populações de aves terrestres em ambiente insular (Açores) e continental, e sobre aspetos da variação intraespecífica na migração (evolutivos e regulatórios) e adaptações insulares. É membro do "Woodcock and Snipe Specialist Group" (Wetlands International) e da "Species Survival Commission" (UICN).


Domingos Leitão - SPEA
Nascido em Alcochete a 3 de maio de 1968, é sócio-fundador da SPEA. Doutorado em Ecologia e Biossistemática pela Universidade de Lisboa em Julho de 2003, tendo realizado os estudos de Doutoramento nas universidades de Lisboa e de Salamanca sobre a ecologia de aves em meios agrícolas. Trabalhou no Instituto da Conservação da Natureza, na Liga para a Protecção da Natureza e no Ministério da Educação. Publicou vários artigos e monografias científicas sobre a biologia e a conservação das aves. Na SPEA é responsável pelo Departamento de Conservação Terrestre e por assuntos de conservação e agricultura, coordenando atualmente o projeto LIFE Rupis. Está também envolvido com o desenvolvimento do Turismo Ornitológico em Portugal.


José Pedro Granadeiro - Universidade de Lisboa
Licenciado em Biologia pela Universidade Lisboa (1988) e doutorado em Ecologia pela Universidade de Glasgow, Reino Unido (1998), é atualmente Professor Auxiliar no Departamento de Biologia Animal da Universidade de Lisboa. Desenvolve investigação sobre diversos aspetos da ecologia alimentar, espacial, migração e conservação de aves limícolas e marinhas. Tem trabalhado em Portugal continental, Açores e Madeira, bem como na Guiné-Bissau e nas Ilhas Falkland. É autor de ca. de 100 publicações científicas em jornais internacionais. Integrou diversos órgãos associativos da SPEA (Vice-presidente, Secretário e Vogal de Direção, Presidente e Secretário da Mesa da Assembleia geral) e foi editor principal da revista Airo entre 2009 e 2014.


Juan José Soler - Estación Experimental de Zonas Áridas (EEZA-CSIC, Espanha)
Doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade de Granada em 1991 e atualmente, Professor de Investigação na Estación Experimental de Zonas Áridas (EEZA-CSIC). A sua investigação centra-se no estudo das relações parasitárias em aves e no papel desempenhado pelas bacterias na evolução das aves. Ao longo dos seus mais de 20 anos na investigação, publicou mais de 140 artigos científicos e fez parte de comissões editoriais de revistas de prestígio como a Functional Ecology e o Journal of Evolutionary Biology.



Maria Dias - BirdLife International
Licenciada em Biologia e doutorada em Ecologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Tem vindo a desenvolver trabalho de investigação na área da ecologia e conservação de aves marinhas e estuarinas, em particular de espécies migradoras, sendo autora de cerca de vinte artigos científicos em revistas internacionais. Colaboradora ativa na SPEA, associação da qual foi membro da direcção nacional durante mais de 10 anos. Atualmente trabalha na associação BirdLife International como especialista em sistemas de informação geográfica e em análise de dados de seguimento de aves marinhas.


Ricardo Lopes - Universidade do Porto
Biólogo com Mestrado em Ecologia e Doutoramento em Biologia (Universidade de Coimbra). Atualmente é investigador no Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO) na Universidade do Porto. A sua investigação tem-se centrado na conservação e genética de aves e seus parasitas, nomeadamente em aves limícolas, aves da Macaronésia e do Mediterrâneo. Pertenceu à comissão editorial da revista Airo, é membro da Comissão Científica do III Atlas das Aves Nidificantes de Portugal e é vigilante da IBA Estuário do Mondego.




Rui Lourenço - Universidade de Évora
Licenciado em Biologia Aplicada aos Recursos Animais Terrestres pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (2000) e doutorado em Biologia pela Universidade de Évora (2011). O seu trabalho tem focado sobretudo as aves de rapina noturnas, tendo estado ligado a projetos de conservação e de investigação no Centro de Estudos de Avifauna Ibérica, na Universidade de Évora e na Estação Biológica de Doñana (CSIC, Espanha). Atualmente, é bolseiro de pós-doutoramento no Laboratório de Ornitologia, ICAAM-Universidade de Évora. É um dos coordenadores do Grupo de Trabalho sobre Aves Noturnas da SPEA (GTAN).


Teresa Catry - Universidade de Lisboa | SPEA - editora Airo
Licenciada em Biologia pela Universidade de Lisboa (2000), doutorada em Ecologia pela Universidade de Coimbra (2009), e investigadora de pós-doutoramento desde 2009 no Centro de Estudos do Mar e do Ambiente (CESAM), Universidade de Lisboa. A sua investigação tem-se centrado na ecologia de aves limícolas e marinhas em zonas temperadas e tropicais, mais recentemente focada na utilização de isótopos estáveis como marcadores para descrever a ecologia alimentar e conectividade migratória em populações de aves. Algumas áreas de estudo da sua atividade científica incluem Portugal (continente e Madeira), Mauritânia, Guiné-Bissau e Seicheles. É desde 2009 co-curadora da coleção científica de aves do Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC). Membro da Direção da SPEA entre 2002 e 2010, colaboradora co-responsável pela rubrica “A ciência da Aves” na revista Pardela, e atual editora principal da revista Airo.


Vitor Paiva - Universidade de Coimbra
Licenciado em Biologia pela Universidade de Coimbra em junho de 2003. Doutorado em Biologia, especialidade Ecologia pela Universidade de Coimbra e Universidade de Kiel em fevereiro de 2010. Tem vindo a desenvolver trabalho de investigação na área da ecologia espacial, alimentar e trófica de aves marinhas e estuarinas dos oceanos Atlântico, Antártico e Índico e mar do Norte e Mediterrâneo, com relevância para o impacto das alterações climáticas e sobrepesca na biodiversidade marinha. É autor de mais de vinte e cinco artigos indexados em revistas internacionais indexadas. Atualmente é investigador sénior no Instituto do Mar e do Ambiente (IMAR-CMA; Universidade de Coimbra), tendo participado como consultor científico em diferentes projectos do programa marinho da SPEA (e.g. projecto LIFE MarPro).




ShareThis Copy and Paste
 
ShareThis Copy and Paste
 


voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com